Ativos cuidados antienvelhecimento dia e noite Multi-Intensive

CIÊNCIA E PLANTAS

Aliança entre o
melhor da ciência
e das plantas

No seu desejo de inovação constante, os Laboratórios Clarins fazem avançar os conhecimentos sobre a sua pele.

Duas descobertas científicas fundamentais

  • 1. Densidade antienvelhecimento

    O fibroblasto com carência de hormonas na origem da perda de densidade

    A Investigação Clarins identificou dois genes que, sob o efeito das carências hormonais, alteram a morfologia do fibroblasto, induzindo a sua mudança de atividade metabólica. Assim, esta célula já não garante o seu papel de “principal elemento da juventude da pele”.
    Uma proeza que revoluciona os conhecimentos sobre a pele das mulheres, uma descoberta que vem enriquecer a linha Multi-Intensive.

    + PERDA DE DENSIDADE
    X
    Perda de densidade em todos os níveis da pele
    Perda de densidade em todos os níveis da pele
  • 2. Antimanchas

    O fibroblasto envelhecido na origem da formação das manchas associadas à idade

    Até agora, a investigação cosmética tinha-se concentrado no papel do melanócito, a célula da epiderme responsável pela produção de melanina, para identificar e corrigir as manchas.
    Pioneira, a Investigação Clarins, em colaboração com especialistas da pigmentação cutânea, explora um novo campo de investigação e revela o papel crucial dos fibroblastos na génese das manchas que surgem com o passar do tempo.

A AÇÃO DO FIBROBLASTO EM VÍDEO
A AÇÃO DO FIBROBLASTO EM VÍDEO >

Duas descobertas vegetais excecionais

Cisto de Montpellier

Cisto de Montpellier

Extrato biológico prodigioso

Planta "fénix", identifica as principais causas profundas das manchas provocadas pelo fibroblasto envelhecido para as reduzir.

Cisto de Montpellier

Planta "fénix", renasce das suas cinzas e faz renascer a uniformidade da tez.

Harungana biológica

Harungana biológica

Extrato biológico exclusivo

Árvore "curandeira" malgaxe, possui o grande poder de reiniciar a forma do fibroblasto com carência e assim reativá-lo, para recuperar a densidade e a juventude da pele. Os Laboratórios Clarins, que se inspiram na natureza e nos seus usos tradicionais, retiraram das suas folhas um extrato exclusivo de harungana biológica que tem um poder redensificante excecional.

+ COMPROMISSO
X
Compromisso por uma beleza responsável

Uma vez que na Clarins a beleza deve ser ética e comprometida, apenas as folhas da harungana são colhidas. Assim, é possível preservar esta árvore curandeira. No norte de Madagáscar, a colheita é realizada de forma controlada e no espírito do comércio justo, em parceria com a associação Jardins du Monde e as populações de Madagáscar.

“A biodiversidade é a vida. Protegê-la é dar um sentido à nossa vida” Christian Courtin-Clarins
Harungana

A harungana, também chamada “árvore das mãos que rezam”, é uma árvore de Madagáscar que participa na reflorestação, recobrindo os solos das florestas destruídas. Esta árvore curandeira é muito utilizada na medicina tradicional de Madagáscar para tratar as feridas. A Investigação Clarins extraiu exclusivamente dessa árvore um ingrediente ativo biológico que tem um excecional poder redensificante e cuja atividade foi demonstrada na síntese do colagénio*.
*Teste in vitro.

A HARUNGANA EM VÍDEO >